quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Esse post ia ser sobre moda em geral. Mas resolvi reduzir para um único objeto:

SOBRE A DIALÉTICA DA MODA + GASTRONOMIA

Moda é legal. Eu curto acompanhar, leio vários blogs e revisas. Mas não acho que moda seja lei e que a gente precisa TER algo para ser MELHOR.

Comida...ah! Comida! Meus olhos brilham e minha boca saliva só de pensar em comida!

Junta moda+comida e o que dá?

Eu diria que uma coisa insossa, repetitiva e cara.

Os coquetéis de camarão já estiveram na moda. Nos anos 80, chique era servir enormes camarões com aquele molho rose, que adaptado para o, chamemos assim, grande público, virou uma mistura de maionese e catchup.

O strogonoff já foi obrigatório em festas bacanas e molho madeira em buffet de casamentos. Com cogumelos, por favor!

Profiteroles. Terrines.

Rúcula, tomate seco e mussarela de búfala.

Depois, “descobriram” os risotos.

Abobrinha. Limão siciliano. Tudo de abobrinha. Depois tudo de limão siciliano.

Sushi! Sushi também foi febre. Ninguém comia peixe cru, mas aí alguém disse que era chique comer comida japonesa. Que era uma tendência saudável. E lá vão os antenados pobres para os rodízios e os antenados ricos para cardápios com ingredientes exóticos.

Espinafre, ricota e nozes.

Ouro. Folha de ouro, ouro em pó.

Espumas. (Leia-se estragar a textura dos alimentos)

Figer food, spoon food – a tendência mais idiota que eu já vi! E as revistas anunciavam: Colheradas de prazer! Pequenas porções, grandes sabores... Tendência para uma sociedade feminina anoréxica, à preços exorbitantes, como os emergentes adoram!

Também tem uma tendência que vai contra isso: confort food. Conforto porque você pode comer quanto quiser, eu acho! São aquelas panelonas com cozidos que só as mães sabem fazer. Quer dizer, se a sua mãe não sabe, problema seu!

A confort food segue outra tendência chata: dos orgânicos! Acho terrível quando leio uma receita e diz: ovos orgânicos, frango orgânico, tomate orgânico. Orgânico se eu quiser!

Crista da onda agora é tucupi! Tucupi é foda! Tucupi você compra na feirinha por R$ 1 2 litros e no D.O.M. você paga R$ 100 por uma colher de sopa. E todo mundo vai, todo mundo pede!

E cupcake, o jeito chique de falar bolinho!

Tudo é gostoso, tudo é delícia, mas que é muito chato, isso sem dúvida nenhuma!

Um comentário:

Maria disse...

Concordo totalmente contigo!

Gostei do seu blog :)
Beijos!

minhasdicasdemenina.blogspot.com