quinta-feira, 31 de julho de 2008

JURAMENTO DO JORNALISTA:

"JURO CUMPRIR MINHAS OBRIGAÇÕES COMO JORNALISTA DENTRO DOS PRINCÍPIOS UNIVERSAIS DE JUSTIÇA E DEMOCRACIA, COERENTE COM OS IDEIAS DE COMUNHÃO E FRATERNIDADE ENTRE OS HOMENS, PARA QUE O EXERCÍCIO DA PROFISSÃO REDUNDE NO APRIMORAMENTE DAS RELAÇÕES HUMANAS QUE RESULTARÁ NA CONSTRUÇÃO DE UM FUTURO MAIS DIGNO, MAIS JUSTO, PARA OS QUE VIRÃO DEPOIS DE NÓS".

Meu Deus, quanta balela. Jornalista mente até na hora do juramento!

2 comentários:

Talita Baena disse...

Pô Mariana, também não chega ser tanto. rsrsrsr
Um abraço!

el escama disse...

Pô... essa até doeu na alma agora!