quinta-feira, 10 de março de 2011

História de mãe:

Eu ligo pra casa. Matias atende:

M – Alô! Quem fala?
Eu- Adivinha?
M – É a Mariana!
Eu – Isso mesmo! Parabéns!
M – O que você está fazendo aí?
Eu – Trabalhando. Mas já vou almoçar. Posso falar com o vovó?
M – Não. Eu também querrro trrrabalhar (destaque para o “r”, que ele está aprendendo a falar agorrrra).
Eu – Tudo bem. Quando você crescer você trabalha. Agora chama a vovó!
M – Não. Não querrro crescer. Eu quero trabalhar.
Eu – Tá bem. Mas chama a vovó.
M – Não quero chamar a vovó.

João adentra na sala e pergunta para o Matias quem está ao telefone. Matias responde que é a Mariana. Então João rouba o telefone da mão do Tito, que fica aos berros.

J – Oi Mamãe! Você vai trazer uma surpresa?
Eu – Vou sim, João! Você pode chamar a vovó?
J – Não. Eu quero que você venha embora. Se eu chamar a vovó, você vai demorar.
Eu (agonizando) – Não vou demorar, João. Por favor, chama a vovó.

João então berra a vovó, que pergunta lá de longe quem é que quer falar com ela.

J – É a chata da sua filha!

5 comentários:

Clara disse...

Hhuahuahuaha muito bom! Nunca vou parar de rir!

Alfie disse...

huahauhauhauhauhau
imagino o desespero

Joana disse...

Espetacularrrrr!!!

Neto disse...

E ele que falou pra mim:
Pai quero sorvete.
Eu disse:
Nao tem filho.
Ele:
entao compra.
Eu:
Nao sei onde tem.
Ele:
Procura no google,
:o!

el escama disse...

huahuauauauhahuau